Foco

Prefeitura de São Paulo lança aplicativo Zona Azul digital

Prefeitura pretende reduzir fraude e evitar cobranças acima da tabela praticada por flanelinhas | Caetano Cury/Rádio Bandeirantes

A prefeitura de São Paulo lançou nesta sexta-feira um serviço que vai permitir o pagamento de zona azul por aplicativo de celular, que poderá ser utilizado a partir de segunda-feira. O motorista poderá fazer o pagamento usando cartão e o período mínimo deverá continuar custando R$ 5.

A ideia da prefeitura é que o talão de papel deixe de ser usado ao longo do tempo, que atualmente são deixados no painel do carro. Além disso, com a Zona Azul digital, a Prefeitura pretende reduzir as ocorrências de fraude e evitar cobranças acima da tabela praticada por flanelinhas.

Leia também:
Fique ligado! Uso do farol baixo em rodovias é obrigatório a partir desta sexta
Secretaria de São Paulo abre vagas para jovens e adultos voltarem a estudar

Antes de comprar créditos, o usuário precisará baixar um dos aplicativos do Cartão Azul Digital e fazer o cadastro, informando número de celular, placa dos veículos e cartão de crédito. Ao estacionar, o motorista aciona a placa de um dos carros registrados e escolhe o tempo de permanência na vaga.

O aplicativo vai avisar por mensagem de texto quando o tempo estiver acabando, o que possibilita ao motorista renovar o crédito pelo celular ou retirar o veículo do local. Por enquanto o sistema não permite compra fracionada, ou seja, o usuário não pode pagar um valor proporcional ao período que deixou o carro estacionado.

Para fiscalizar, os agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) terão acesso a um sistema que possibilita saber se o motorista pagou Zona Azul consultando pela placa.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos