Foco

Vítima era visitante da igreja que desabou na Grande SP

Foram mais de 20 horas de buscas no local do desabamento da igreja Assembleia de Deus, do bairro Eldorado, em Diadema,  até o corpo de Vanda Maria Martins, de 54 anos, ser encontrado ontem pelo Corpo de Bombeiros. A dona de casa será enterrada nesta sexta-feira às 10h30 no Cemitério Vale da Paz, localizado no município.

Dois filhos de Vanda acompanharam o trabalho dos bombeiros na esperança de encontrar a mãe com vida. “Ela tinha mais um filho, que é deficiente, e frequentava às vezes essa igreja porque morava perto e tinha fé que nesses cultos especiais iria conseguir se curar dos problemas psicológicos. Ela era uma pessoa muito boa”, disse um parente que preferiu não se identificar.

De acordo com os bombeiros, Vanda foi atingida por uma laje no momento do desabamento. “Ela foi esmagada pelas vigas”, disse o coronel Wagner Junior.

O piso e as paredes da igreja ruíram por volta das 15h de quarta, logo após encerrar o culto da libertação. Cerca de 15 pessoas estavam dentro do prédio. Apenas quatro pessoas sofreram escoriações leves,  entre elas três crianças de 2 a 5 anos e uma mulher. Todas foram medicadas e já estão em casa.

Durante a madrugada os bombeiros concluíram o resgate  de mais dois homens que estavam soterrados. Anderson Peres Tiago, 23 anos, foi encaminhado ao Hospital das Clínicas. Ele não teve ferimentos graves e está internado para observação.

Já Ezequiel Matias, de 44 anos, foi para o Hospital Mário Covas, em Santo André, e está em estado grave. “Ele teve algumas complicações e hemorragias e por isso fez uma cirurgia de baço e está na UTI em observação”, disse o pastor e assessor jurídico da Assembleia de Deus, Kaique Nicolau de Lima.

Obras no local estavam embargadas desde segunda-feira. Imagens de câmeras de segurança de uma casa próxima divulgadas pela Rede Globo revelam que na terça-feira foram retirados caminhões de terra do  local.  METRO  ABC

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos