Foco

Após oito meses de investigação, polícia prende 57 integrantes do PCC

A polícia de São Paulo prendeu 57 integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) após uma operação de oito meses contra o tráfico internacional de drogas.

Durante a operação foram apreendidas 2,5 toneladas de drogas e 21 armas, sendo dez delas fuzis.

Ao todo, foram gravadas cerca de 200 mil ligações telefônicas. A polícia descobriu que grande roubos financiam o tráfico de drogas e de armas no país.

«O tráfico de armas hoje, compensa muito mais do que de drogas. O preço de um fuzil no mercado negro é de R$ 50 mil», afirmou o delegado Ítalo Zaccaro Neto, da Polícia Civil. «Ele (o criminoso) ganha cinco vezes mais em um fuzil do que em um quilo de cocaína.»

A polícia também descobriu que os líderes da organização criminosa estão vivendo em países vizinhos ao Brasil que são grandes produtores de cocaína.

Saiba como foi a operação em reportagem do Jornal da Band:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos