Foco

Plataforma digital cria rede de consumo consciente entre vizinhos

Em vez de comprar um produto novo, por que não checar se um vizinho o emprestaria? Essa é a proposta da plataforma online colaborativa Tem Açúcar?. Criada em dezembro de 2014, o site tem como objetivo construir uma rede de consumo consciente entre vizinhos.

A solução, que substitui a velha batidinha na porta, foi criada pela carioca Camila Carvalho, de 26 anos. Em entrevista aoPortal da Band, Carla Zorzanelli, integrante da equipe do Tem Açúcar?, disse que o consumo consciente foi a grande inspiração para a criação do site. “A Camila se sentia incomodada com a quantidade de objetos descartados e com a exploração das pessoas para a produção destes. Ela imaginava como poderíamos viver de um modo mais sustentável”, explica Carla.

Com o slogan «Compartilhe coisas com seus vizinhos», a proposta da plataforma online colaborativa é organizar empréstimos ou doações na vizinhança, incentivando a troca responsável entre as pessoas. Cerca de 70 mil usuários têm registro no site, que funciona em todo o Brasil e em mais 23 países.

Diferente de plataformas de empréstimos já existentes, o Tem Açúcar? possui ferramentas criadas especialmente para o público alvo, como os mapas dos bairros onde os empréstimos podem ser feitos. Com o crescimento e a resposta positiva dos usuários, mais novidades para melhorar a comunicação surgiram. “Estamos criando um aplicativo para celular, com previsão de lançamento para maio”, contou Carla.

 

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

Simples de usar

O funcionamento do Tem Açúcar? é mais fácil do que se imagina. Após o cadastro no site já é possível pedir o objeto desejado, escolhendo entre as opções de doação e empréstimo. A plataforma, automaticamente, manda um e-mail para os vizinhos perguntando quem pode ajudar o usuário.

Quando os moradores mais próximos respondem positivamente ao pedido, uma conversa privada é criada para as pessoas combinarem detalhes da transação. Depois, os usuários podem se avaliar quanto à pontualidade, cuidado com o objeto e relatar as experiências.

O caminho inverso também é possível. Depois do cadastro, os usuários recebem por e-mail ou sempre que entram no site os pedidos de objetos que seus vizinhos procuram e podem ajudá-los.

Todos os empréstimos são feitos com base na confiança dos usuários, como foi o caso do cartunista Luciano Harres, de 30 anos. Ele emprestou um carregador de celular para uma turista que havia esquecido o objeto em sua cidade natal. “A única solução para a moça seria comprar um carregador para utilizar somente por uma semana”, disse, acrescentado que é adepto ao modo de consumo consciente e colaborativo.

A estudante Rebeka Franco, de 24 anos, é usuária do site desde janeiro deste ano. A favor da economia compartilhada, Rebeka não se lembra de ter visto uma plataforma de empréstimo parecida. “Temos muitos acessórios e equipamentos que usamos poucas vezes para a casa e para o entretenimento. A ideia do Tem Açúcar? é útil e contemporânea. É necessário compartilhar objetos de forma responsável para o bem coletivo”, afirmou a estudante.

Gostou da ideia? Conheça o site do Tem Açúcar?.

 

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos