Foco

‘Europa está perto de um colapso migratório’, diz comissário europeu para migrações

O comissário europeu para as migrações, Dimitris Avramopoulos, disse em Bruxelas que espera “resultados tangíveis” nos próximos dez dias para evitar que as soluções para a crise dos refugiados chegue ao colapso. “Nos próximos dez dias precisamos de resultados tangíveis e claros no terreno. Caso contrário, há o risco de que todo o sistema colapse totalmente”, afirmou ele, após reunião dos 28 ministros europeus da Justiça e do Interior.

Avramopoulos disse ainda que é de responsabilidade de todos os Estados-membros intensificar os esforços para implementar as soluções acordadas. “Não há tempo para ações descoordenadas”, argumentou o comissário, sobre a possibilidade de uma crise humanitária muito perto da Rota dos Balcãs, onde a “situação é crítica”.

Os países membros da UE estão tomando medidas isoladas sobre o assunto. A Áustria anunciou que neste ano concederá asilo a somente 80 pessoas por dia. A Hungria fará um referendo, em data ainda não marcada, para definir os termos de uma política migratória própria. No início da semana, a Macedônia bloqueou a fronteira com a Grécia para impedir a entrada de novos refugiados, e  a Bélgica anunciou a volta do controle na fronteira com a França.

“Não podemos continuar a agir através de ações unilaterais, bilaterais e trilaterais”, disse Avramopoulos. “Os primeiros efeitos negativos e impactos já são visíveis. No próximo dia 7, a UE terá uma reunião especial com a Turquia sobre a crise migratória.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos