Foco

Taxa de mortalidade infantil cai pela metade no mundo

Mortalidade infantil mundial passou de 12,7 milhões em 1990 para 5,9 milhões em 2015 | Arquivo/Agência Brasil

A taxa de mortalidade infantil no mundo caiu pela metade desde 1990. Apesar disso, apenas 62 países em 195 conseguiram atingir os objetivos definidos pelas Nações Unidas, segundo números divulgados pela ONU nesta quarta-feira.

A mortalidade infantil mundial passou de 12,7 milhões em 1990 para 5,9 milhões em 2015 (estimativa). Numa outra pesquisa divulgada também nesta quarta, o Brasil aparece em 56º lugar no ranking dos melhores países no mundo para os idosos viverem, num ranking com 96 nações.

O dado é do levantamento anual Global AgeWatch Index 2015, feito pela organização HelpAge International em parceria com a Universidade de Southampton, nos Estados Unidos.

Segundo o estudo, o melhor país no mundo para os idosos é a Suíça, seguido pela Noruega, Suécia e Canadá. Já o pior país do mundo para os idosos viverem é o Afeganistão.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos