Foco

Enfermeiro mata cuidador de idosos asfixiado dentro do Hospital São Paulo

Fachada do Hospital São Paulo | Reprodução/Google Street View
Fachada do Hospital São Paulo | Reprodução/Google Street View

Um enfermeiro foi detido após asfixiar e matar um cuidador de idosos dentro do Pronto Socorro do Hospital São Paulo, na Vila Clementino, zona sul da capital paulista. O caso aconteceu às 8h20 desta sexta-feira (7).

Segundo a polícia, o enfermeiro devia dinheiro ao cuidador de idosos, Luís Fernando Raimundo, de 42 anos, que era agiota.

O cuidador, antes de ser asfixiado, recebeu uma água batizada, possivelmente com sonífero, dada pelo enfermeiro. Após estar desacordado, o criminoso teria colocado um saco na cabeça da vítima, que, então, foi asfixiada.

A polícia foi acionada para averiguar o caso e constatou a morte da vítima, cujo corpo deve ser encaminhado para o Instituto Médico Legal Sul. O crime deve ser registrado no 16º Distrito Policial.

O Hospital São Paulo se posicionou a respeito da ocorrência.

Em nota, a assessoria esclarece que a agressão ocorrida nas dependências da instituição envolveu assuntos particulares entre a vítima e o agressor e que o caso já está sob os cuidados das autoridades competentes.

Leia a nota na íntegra:

“O Hospital São Paulo, hospital universitário da Universidade Federal de São Paulo (HSP-HU/Unifesp), esclarece que a agressão ocorrida nas dependências da instituição envolveu assuntos particulares entre a vítima e o agressor. O caso já está sob os cuidados das autoridades competentes.

Vale ressaltar que a vítima não era paciente do Hospital São Paulo.”

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos