Foco

Após um mês, grade danificada na ciclovia da Paulista é recolocada

Um mês após uma primeira grade de proteção da ciclovia da avenida Paulista ter sido danificada, na esquina com a rua Augusta, região central de SP, funcionários da prefeitura a recolocaram na manhã desta sexta-feira.

A grade de ferro apareceu entortada na manhã de 7 de julho, uma terça-feira, apenas nove dias após a inauguração da ciclovia, em 28 de junho último. O metal foi entortado para dentro da ciclovia, aparentemente num ato de vandalismo. Dias depois a grade foi retirada.

Leia também:
Segundo trecho da ciclovia da Paulista sairá no dia 23 de agosto
Em SP, carros perdem espaço na política de mobilidade da gestão Haddad
Prefeitura de São Paulo terá que divulgar gastos com ciclovias

Menina dos olhos da principal marca da gestão do prefeito Fernando Haddad (PT), a ciclovia da avenida Paulista é objeto de polêmica. A obra custará ao todo cerca de R$ 12,2 milhões aos cofres públicos, incluindo a instalação de dutos para passagem dos cabos de fibra ótica.

Ciclovia Paulista recebe reparos feitos pela prefeitura nesta sexta-feira | Fabio Saraiva/Metro
Ciclovia Paulista recebe reparos feitos pela prefeitura nesta sexta-feira | Fabio Saraiva/Metro

Outro caso
No último sábado, o Metro Jornal noticiou que outro trecho da ciclovia também amanheceu com grades de proteção danificadas.

Quatro grades apareceram distorcidas na altura da Paulista com a rua Carlos Sampaio. No local, três das quatro grades, originalmente retangulares, estão deformadas. Uma delas, no entanto, foi completamente retorcida, mais parecendo uma escultura.

Junto das grades tortas havia pequenos pedaços de metal e, na faixa de veículos ao lado da ciclovia, foi colocada serragem, procedimento comum quando existe vazamento de óleo na pista, como em um acidente. Comerciantes da região afirmam que as grades estavam em perfeitas condições até o dia anterior.

Procurada na ocasião, a CET (Companhia de Engenharia e Tráfego) afirmou não ter conseguido informações de ocorrências de acidentes naquele trecho nos dias anteriores.

Reparos
Responsável pelas obras da ciclovia da paulista, a SPTrans (São Paulo Transportes) informou que uma vistoria seria feita nas grades danificadas na altura da rua Carlos Sampaio e os reparos necessários seriam agendados.

Veja as grades tortas na Carlos Sampaio com Paulista

Leia também:
Com ciclovia, circulação de bicicletas na Paulista aumenta 279%
Ciclista e pedestre tentam se entender na avenida Paulista

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos