Foco

Ações da Petrobras caem mais de 6%; investidores seguem cautelosos

As ações da Petrobras tombaram mais de 6%, com agentes financeiros ajustando posições após a divulgação do balanço do primeiro trimestre. Apesar de o lucro registrado entre janeiro e março ter surpreendido positivamente, os investidores seguem cautelosos com o horizonte da companhia e também aproveitaram a recente disparada dos papéis para embolsar lucros.

A ação preferencial da Petrobras liderou nesta terça as perdas da Bovespa, caindo 6,31%, a R$ 12,91. O papel ordinário teve a segunda maior perda, recuando 6,08%, a R$ 13,75. Foi o segundo pregão consecutivo de queda da estatal desde a divulgação do seu balanço financeiro do primeiro trimestre do ano, na noite de sexta-feira.

O desempenho da estatal ajudou a puxar o principal índice da Bolsa para baixo. O Ibovespa caiu 1,26%, para 55.498 pontos. O volume financeiro foi de R$ 6,8 bilhões. No ano, a ação preferencial da Petrobras ainda acumula mais de 30% de alta e ordinária sobe mais de 45%.

O analista Marco Aurelio Barbosa, da CM Capital Markets, destacou que também estavam no radar votações de medidas provisórias de ajuste fiscal. “Tão importante quanto a questão do endividamento para a Petrobras é a questão fiscal para o governo brasileiro. Os dois pontos dão uma medida de risco associado ao investimento que é muito caro para o  desenvolvimento econômico do país a médio e longo prazos”, afirmou em nota a clientes, segundo a Reuters.

Dólar em alta

No mercado de câmbio, o dólar comercial registrou a terceira alta seguida. A moeda norte-americana subiu 0,76% e fechou a R$ 3,041 na venda. Nas últimas três sessões, o dólar acumula valorização de 1,62%. Investidores aguardaram a divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos