logo
Foco
Foco 29/04/2015

Várias obras vão parar por falta de recursos, diz ministro dos Transportes

| Marcelo Camargo/Agência Brasil

Segundo o ministro, interrupção das obras ocorreu em meio ao impacto do ajuste fiscal | Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ministério dos Transportes suspendeu obras no país e não tem previsão de retomá-las, afirmou nesta quarta-feira o ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, na Comissão de Infraestrutura do Senado.

Segundo o ministro, a interrupção das obras ocorreu em meio ao impacto do ajuste fiscal sendo promovido pelo governo federal e consequências da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, em que várias empreeiteiras já se viram obrigadas a entrar em recuperação judicial.

“Várias obras do país vão parar (…) Não posso esconder o que está acontecendo”, disse o ministro a senadores que o convocaram para discutir o impacto do ajuste fiscal nos investimentos do Ministério dos Transportes.

Rodrigues falou que até agora “não sabe quanto pode gastar” e que “a grande preocupação nossa hoje é ter recursos para manutenção (…) Eu nunca esperava chegar ao início de maio sem saber o que tenho de recursos”.

O ministro comentou ainda aos senadores que vem sendo cobrado por empreeiteiras sobre o pagamento de obras do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e da estatal ferroviária Valec.

“Assusta receber um telefonema falando: ‘Ou você me paga hoje – e eu não tenho – ou vai parar a obra tal.’ Os telefonemas que eu recebo e as visitas que eu estou recebendo nesse período de quatro meses é apenas reclamação por falta de dinheiro e a falta de estabilidade que estamos tendo”, disse o ministro.