logo
Foco
Foco 29/04/2015

Madrugada é o melhor horário para pegar estrada no feriado

Mário Ângelo/Sigmapress/Folhapress

O maior movimento nas estradas que saem da cidade é previsto entre 15h e 23h desta quinta-feira e das 5h às 13h de sexta, segundo a Artesp | Mário Ângelo/Sigmapress/Folhapress

Os motoristas que quiserem deixar a capital no feriado de Dia do Trabalho devem optar por viajar na madrugada de quinta para sexta. O maior movimento nas estradas que saem da cidade é previsto entre 15h e 23h desta quinta-feira e das 5h às 13h de sexta, segundo a Artesp (agência reguladora de transportes do Estado de São Paulo).

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) estima que 1,7 milhão de veículos saiam da cidade ao longo do fim de semana prolongado.

O maior movimento é previsto nas rodovias Fernão Dias, por onde devem passar cerca de 911 mil veículos, e na Ayrton Senna e Carvalho Pinto, onde são esperados cerca de 800 mil veículos de hoje a domingo.

No sistema Anchieta/Imigrantes, a operação descida deve ser ativada às 16h desta quinta no esquema 7×3, com a pista sul da Imigrantes e as quatro faixas da Anchieta descendo para o litoral e a pista norte da Imigrantes operando em direção à capital.

A Ecovias estima que entre 180 mil e 270 mil veículos sigam em direção ao litoral no feriado prolongado.

As outras rodovias que levam para o interior do Estado também devem ter movimento intenso, segundo as concessionárias: 660 mil veículos no sistema Anhanguera/Bandeirantes e 568 mil na Castello Branco e Raposo Tavares, entre hoje e domingo.

As ciclofaixas de lazer funcionarão amanhã e domingo das 7h às 16h. Amanhã, ela não deve ser ativada na zona norte, onde haverá evento do Dia do Trabalho.

Clima frio

A chegada de uma massa de ar polar deve reduzir as temperaturas no feriado. A Climatempo estima que a capital possa registrar as menores temperaturas do ano no fim de semana prolongado, devido ao vento trazido pela massa de ar polar. O Inmet prevê temperatura mínima de 9ºC sexta, e 8ºC no sábado, no Estado. O feriado começa com tempo nublado, passando a parcialmente nublado. No sábado, a nebulosidade se reduz na faixa leste, que engloba o litoral e a capital.