logo
Foco
Foco 28/04/2015

Sobe para 13 o número de mortos em deslizamentos de terra na Bahia

Moradores ajudam na busca por soterrados | Romildo de Jesus/Futura Press

Moradores ajudam na busca por soterrados | Romildo de Jesus/Futura Press

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) informou que subiu para 13 o número de mortes após deslizamentos de terra em Salvador (BA) na madrugada desta segunda-feira.

O 13º corpo foi retirado pelo Corpo de Bombeiros na comunidade do Barro Branco, na Avenida San Martin, onde outras sete pessoas morreram. Quatro casas serem destruídas pelo desabamento.

Segundo a Codesal, até por volta das 8h30, ao menos duas pessoas ainda eram procuradas nos destroços, segundo o Corpo de Bombeiros.

Outras cinco pessoas foram encontradas mortas em Marotinho, bairro próximo à BR-324, principal entrada rodoviária da cidade.

Entre os mortos está uma criança de 12 anos, que chegou a ser socorrida por vizinhos, mas não resistiu aos ferimentos antes de chegar ao hospital.

Ao menos oito pessoas que ficaram soterradas foram resgatadas com vida. Segundo a Defesa Civil, 137 desabamentos de terra foram registrados e dois hospitais da cidade ficaram parcialmente alagados. Em Barro Branco, sete residências corriam risco de desabar, e as famílias tiveram que ser levadas a abrigos.

O prefeito ACM Neto (DEM) disse que a chuva foi a pior dos últimos 21 anos. De acordo com a prefeitura, só a região da avenida San Martin recebeu 198 mm de chuva, o equivalente a 65% do esperado para todo o mês de abril.

Aulas em escolas e universidades foram suspensas e 500 servidores públicos foram mobilizados pela administração municipal para auxiliar moradores das regiões afetadas.