logo
Brasil
Brasil 28/04/2015

Janot busca ter acesso a dados de brasileiros no HSBC na Suíça

Janot apresentará as primeiras conclusões da investigação | Fellipe Sampaio/STF

Janot busca informações mantidas sob sigilo sobre contas de brasileiros na Suíça | Fellipe Sampaio/STF

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, está na Europa em busca de informações mantidas sob sigilo sobre contas de brasileiros no HSBC na Suíça. Ele espera receber nesta terça-feira uma resposta sobre o pedido feito ao Ministério Público da França para compartilhamento de dados.

“Queremos separar o joio do trigo e ver aquelas contas que eventualmente não sejam produto de resultado ilícito”, explicou.

A Receita Federal tem informações de 8.667 contas que estavam ativas entre 2006 e 2007 e movimentaram US$ 7 bilhões. Os dados são alvo de investigação.

A CPI do HSBC no Senado considera fundamental ter acesso aos dados, mas eventual decisão das autoridades francesas de manter o sigilo pode frustrar a obtenção da documentação. Nesse caso, o procurador  não descartou obter informação do delator do esquema, o ex-funcionário do HSBC Hervé Falciani.