logo
Foco
Foco 22/04/2015

Sistema São Lourenço pode tirar mais 500 mil pessoas do Cantareira

A Sabesp quer ampliar em 36% a captação de água prevista para o futuro Sistema São Lourenço, que está em construção há um ano no Vale do Ribeira. O objetivo é tirar mais 500 mil pessoas da área de cobertura do Cantareira. A obra, que deve ser concluída em 2017, é vista como uma das principais saídas para garantir o abastecimento da Grande São Paulo.

A estatal já pediu aos órgãos reguladores para aumentar a retirada de água do São Lourenço dos atuais 4,7 mil litros por segundo, para 6,4 mil,  de acordo com o “Estado de S. Paulo”.

“Com o acréscimo, será possível chegar a Osasco e atender mais 500 mil pessoas”, disse Silvio Leifert, superintendente de empreendimento da Sabesp.

Na proposta original, a obra de R$ 2,2 bilhões atenderia 1,5 milhão de pessoas em sete cidades da Grande São Paulo.