logo
Foco
Foco 22/04/2015

Peças de concreto de obras do metrô do Rio desabam e ferem uma pessoa

Trem da Linha 4 do Metrô do Rio | Tânia Rêgo/Agência Brasil

Trem da Linha 4 do Metrô do Rio | Tânia Rêgo/Agência Brasil

Os bombeiros do quartel de Copacabana desde às 14h20 na Praça Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, onde peças de concreto do canteiro de obras da Linha 4 do metrô que estavam estocadas no local desabaram. O acidente feriu uma pessoa e provocou a interdição de parte da Rua Visconde de Pirajá, uma das principais vias do bairro que liga o Leblon a Copacabana, na zona sul da cidade.

Segundo nota divulgada pelo assessoria que presta serviços ao Metrô do Rio, o acidente aconteceu às 11h45, quando as aduelas – anéis de concreto que formam os túneis do metrô – tombaram sobre a calçada da Rua Visconde de Pirajá, atingindo um homem que passava pelo local.

Segundo informação do Consórcio Linha 4 Sul o pedestre foi socorrido imediatamente pela equipe médica e levado ao Hospital São Lucas, em Copacabana. A obra ligará os bairros de Ipanema e Gávea.

O consórcio disse por meio de nota que está prestando toda a assistência à vítima. De acordo com os responsáveis pela construção a pessoa “está lúcida e passa por exames”. As causas do acidente estão sendo apuradas de acordo com a nota.

O Centro de Operações da Prefeitura confirmou a interdição de parte da Rua Visconde de Pirajá, entre as ruas Maria Quitéria e Joana Angélica, para a ação do Corpo de Bombeiros, mas não chegou a informar as causas da interdição.

Estado de saúde de homem ferido é grave

O estado de saúde do idoso atingido pelas placas de concreto que caíram de obra é considerado muito grave. Ele está internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital São Lucas, em Copacabana, zona sul, sob assistência ventilatória. De acordo com o hospital, a vítima, identificada pelo nome de Agrícola de Souza Bethlem, de 87 anos, tem lesões graves no tórax e no crânio. O acidente ocorreu por volta das 11h30.

De acordo com o secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osório, as causas do acidente ainda estão sendo apuradas, mas a obra não foi paralisada. “Os equipamentos que fazem o fechamento do túnel que estavam em estoque, essa pilha cedeu e parte dela tombou na calçada. A causa da queda das peças foi uma movimentação de terreno, mas as causas dessa movimentação ainda estão sendo apuradas”.

Uma das peças que tombou tinha cerca de oito toneladas. Os bombeiros fizeram avaliação no local do acidente e a causa da queda das placas ainda está sendo investigada.

Em nota, o consórcio responsável pelas obras do metrô em Ipanema lamentou o ocorrido e informou que está prestando toda assistência à vítima. A Linha 4 do metrô ligará Ipanema, na zona sul, à Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade.