logo
Brasil
Brasil 18/04/2015

PT não receberá doações empresariais em campanhas

Richard Casas/PT

Segundo Rui Falcão, as doações poderão ser feitas apenas por pessoas físicas | Richard Casas/PT

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, afirmou nesta sexta-feira que o partido não receberá mais financiamento de empresas em suas campanhas políticas. Segundo ele, as doações poderão ser feitas apenas por pessoas físicas.

“A decisão é um gesto do partido para lutar pela mudança na lei de doações”, disse Falcão sobre um dos temas mais discutidos em uma possível reforma política.

A decisão foi tornada pública dois dias depois do ex-tesoureiro do PT,  João Vaccari Neto, pedir afastamento do partido após ser preso de forma preventiva na 12ª fase da Operação Lava Jato. Ele estaria envolvido no repasse de parte da propina oriunda do esquema de corrupção da Petrobras, através de doações eleitorais registradas ao Partido dos Trabalhadores.

Segundo o presidente da legenda, uma ferramenta eletrônica deverá ser criada para possibilitar a doação de pessoas físicas, com valores que poderão variar entre R$ 15 e R$ 1 mil. O modelo já foi testado durante as últimas eleições pelo partido.

Apesar do anúncio de Rui Falcão, o fim do financiamento empresarial precisa ser aprovado pelo Congresso Nacional do PT, que acontecerá entre  11 e 14 de junho, em Salvador.