logo
Foco
Foco 17/04/2015

Alemanha realiza homenagem às vítimas do acidente aéreo nos Alpes franceses

Oliver Berg/Reuters

Angela Merkel e Joachim Gauck compareceram a cerimônia | Oliver Berg/Reuters

A catedral de Colônia, oeste da Alemanha, realiza nesta sexta-feira uma homenagem nacional para as 150 vítimas do incidente com o avião da Germanwings nos Alpes franceses, com a presença da chanceler Angela Merkel e do presidente Joachim Gauck.

As bandeiras serão erguidas a meio mastro em todo o país e será celebrado um serviço religioso ecumênico a partir das 10h GMT (7h de Brasília) na maior catedral gótica do norte da Europa.

É esperada a chegada de 1.400 convidados, incluindo 500 parentes dos falecidos, a esta cerimônia nacional de luto que será transmitida ao vivo por várias redes de televisão quase quatro semanas após o incidente.

O presidente Joachim Gauck, pastor luterano, planeja tomar a palavra. Os presidentes das câmaras alta e baixa do Parlamento alemão também estarão presentes. A Espanha estará representada pelo ministro do Interior, Jorge Fernández Díaz, enquanto a França enviará o secretário de Estado encarregado de Transportes, Alain Vidalies.

O presidente do grupo Lufthansa, Carsten Spohr, assim como o de sua filial de baixo custo Germanwings, também comparecerão à cerimônia.

Foi instalado um cordão de isolamento e um telão junto à catedral e o acesso ao templo foi bloqueado com barreiras e guardas desde o início da manhã.

Por sua vez, a conferência episcopal alemã, organizadora do ato, avisou que centenas de jornalistas são esperados para cobrir a cerimônia.

No dia 24 de março, um Airbus A320 da companhia Germanwings procedente de Barcelona em direção a Dusseldorf caiu nos Alpes franceses, deixando 150 mortos, entre eles 72 alemães e 50 espanhóis. Segundo os primeiros elementos da investigação, o avião foi derrubado voluntariamente por seu copiloto, que sofria de problemas psiquiátricos.

Oliver Berg/Reuters

Oliver Berg/Reuters

Oliver Berg/Reuters

Oliver Berg/Reuters