logo
Foco
Foco 16/04/2015

Ministério Público libera uso de ‘mosquito transgênico’ contra dengue

O MP (Ministério Público) liberou nesta quarta-feira a soltura de Aedes aegypti geneticamente modificados como forma de combate ao mosquito da dengue em Piracicaba. Até 2 milhões de mosquitos devem começar a ser soltos na última semana deste mês.

O município será o primeiro do Estado a liberar os mosquitos transgênicos, que são machos e não picam, nem transmitem a doença. O papel deles é reduzir o número de mosquitos transmissores, já que as crias dos transgênicos com as fêmeas selvagens não sobrevivem até a fase adulta.

Em março, o MP pediu que a prefeitura suspendesse a liberação dos Aedes aegypti modificados após uma representação do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente pedir garantias de que o mosquito não representa risco à saúde pública e à natureza.

Para evitar problemas, o MP fez uma lista de exigências que impede, por exemplo, a proibição de nebulizações, ato que mata o mosquito modificado.

20150416_SP02_Previna-se-Dengue