logo
Brasil
Brasil 11/04/2015

Dilma elogia reaproximação de EUA e Cuba em discurso

Dilma durante a Cúpula das Américas | Jonathan Ernst/Reuters

Dilma durante a Cúpula das Américas | Jonathan Ernst/Reuters

Em discurso realizado na VII Cúpula das Américas, no Panamá, a presidente Dilma Rousseff elogiou a reaproximação de Cuba e Estados Unidos neste sábado, dia 11.

“Celebramos aqui agora a iniciatva corajosa dos presidentes Raúl Castro e Barack Obama de restabelecer relações entre Cuba e Estados Unidos, de pôr fim a este último vestígio da Guerra Fria na região que tantos prejuízos nos trouxe. Os dois presidentes deram uma prova do quanto se pode avançar quando aceitamos os ensinamentos da História e deixamos de lado preconceitos e antagonismos que tanto afetaram nossas sociedades”, afirmou.

A presidente também defendeu o fim do embargo e ressaltou o projeto de erradicação da fome no Brasil, que pode servir de exemplo para outras nações. “Estamos seguros que outros passos serão dados, como o fim do embargo, que há mais de cinco décadas vitima o povo cubano e enfraquece o sistema interamericano […] É nossa responsabilidade que este seja um século de paz e prosperidade”, disse.

Dilma chegou ao Panamá na tarde dessa sexta-feira, dia 10, e se reuniu com os presidentes do México, da Colômbia e com o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg.