logo
Foco
Foco 07/04/2015

Polícia sabia de fuga em Pedrinhas, mas não conseguiu impedir

Mais um preso foi encontrado morto em Pedrinhas | Arquivo/Ministério Público do Maranhão

Após caso, o governo do Estado admitiu que houve falha na segurança | Arquivo/Ministério Público do Maranhão

A polícia do Maranhão sabia do plano para resgatar presos do Complexo de Pedrinhas neste fim de semana, mas não conseguiu impedir a fuga. Após caso, o governo do Estado admitiu que houve falha na segurança.

Oito homens armados com fuzis e pistolas chegaram em comboio ao complexo prisional no último domingo (6). A quadrilha usou cordas e uma escada para auxiliar na fuga de quatro presos condenados por crimes como homicídio, tráfico de drogas e estupro.

Um vídeo feito por policiais minutos depois do resgate mostra as marcas de tiros nas paredes do presídio.

Em nota, as secretarias de Administração Penitenciária e de Segurança Pública admitiram que a polícia soube do plano pelo menos duas horas antes, mas apenas uma viatura da PM foi deslocada para o presídio.

Um processo administrativo foi aberto para apurar o caso e identificar os responsáveis pela falha no reforço da segurança.

Foi a terceira fuga em prisões no Maranhão este ano, a segunda em Pedrinhas, presídio que tem um longo histórico de violência. Só no ano passado, 16 presos foram mortos e mais de 100 conseguiram fugir.