logo
Brasil
Brasil 07/04/2015

Pepe Vargas deixa governo e Michel Temer assumirá articulação política

Temer agora será o responsável pelas conversas entre governo e Congresso | Antônio Cruz/ABr

Temer agora será o responsável pelas conversas entre governo e Congresso | Antônio Cruz/ABr

O vice-presidente Michel Temer vai assumir a articulação política do governo depois do ministro Eliseu Padilha se recusar a assumir a Secretaria de Relações Institucionais.

A decisão foi tomada no final da tarde desta terça-feira (7) pela presidente Dilma Rousseff, que se reuniu com líderes da base.

Ela também anunciou a saída do atual ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Pepe Vargas. Ele teria ficado insatisfeito com o convite feito a Padilha, chefe da Secretaria de Aviação Civil, para ocupar o cargo dele.

Dilma aproveitou a reunião, marcada para tratar das medidas de ajuste fiscal patrocinadas pelo governo, para pedir que o Legislativo evite aprovar novas despesas e que corte gastos.

Com Temer à frente da articulação política do governo, Dilma coloca o presidente do maior partido aliado, o PMDB, no comando de uma área problemática desde o início de seu segundo mandato, o relacionamento com o Congresso Nacional, principalmente com a forte legenda.