logo
Brasil
Brasil 01/04/2015

CGU abre processo para investigar mais cinco empresas da Lava Jato

| Pedro Ladeira/Folhapress

Valdir Simão, ministro-chefe da CGU| Pedro Ladeira/Folhapress

O ministro-chefe da CGU (Controladoria-Geral da União), Valdir Simão, determinou nesta quarta-feira (1) a abertura de mais cinco processos administrativos de responsabilização contra empresas envolvidas na Operação Lava Jato, que investiga corrupção em licitações de obras da Petrobras.

A CGU informou em nota que a medida envolve a Techint Engenharia e Construções, NM Engenharia e Construções, Construcap CCPS Engenharia e Comércio, Niplan Engenharia e Jaraguá Equipamentos Industriais Ltda.

As empresas serão notificadas nos próximos dias.

Caso sejam responsabilizadas, o resultado poderá acarretar impedimento de celebrar novos contratos, aplicação de multas ou, se for o caso, outras penalidades cabíveis.

A CGU acrescentou que “há possibilidade de novos processos serem abertos contra outras empresas”.

Além das novas cinco empresas implicadas, já foram instaurados 24 processos administrativos de responsabilização contra empreiteiras da Lava Jato, incluindo as maiores companhias do setor de construção do país.