Foco

São Paulo vai contratar 500 agentes contra dengue

O governo de São Paulo terá um plano de emergência para conter a epidemia de dengue que atinge o Estado.

Durante evento no Rio de Janeiro, ontem, o superintendente de controle de endemias da Secretaria de Estado da Saúde, Dalton Pereira da Fonseca, disse que 500 agentes serão contratados para ajudar os municípios a atender os pacientes, além dos 400 que já atuam no combate à doença.

Também serão compradas viaturas, equipamentos e inseticidas para atuar nas áreas de maior infestação. Um total de R$ 10 milhões será investido a partir de abril.

Para Fonseca, o aumento no número de casos se deve ao fato de o Estado “não ter interrompido as transmissões no segundo semestre de 2014”. A crise hídrica, que faz com que as pessoas estoquem água, também colaborou com a proliferação do mosquito.

O Estado já registrou 196,8 mil notificações de dengue, segundo o Sinan (Sistema de Informações de Agravos de Notificação).

No total, 67 pessoas morreram em decorrência da doença (3 na capital). Dos 645 municípios paulistas, 500 já têm incidência da doença -e 268 têm índices epidêmicos.

Limeira 

A pedido do MP (Ministério Público), a Justiça determinou ontem o afastamento por 60 dias do secretário da Saúde de Limeira, Luiz Antonio da Silva, por entender que ele não tomou providências para deter a dengue na cidade.

O município, que está em estado de emergência, registrou 5.455 casos confirmados e duas mortes. 

previna-se-dengue

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos