Brasil

Justiça decreta nova prisão preventiva ao lobista Fernando Baiano

A Justiça Federal do Paraná decretou nova prisão preventiva ao lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano. Ele é apontado pelos investigadores da Lava Jato como um dos operadores do esquema de corrupção na Petrobras.

Fernando Baiano já está detido na carceragem da superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Ele foi preso em novembro do ano passado, quando foi deflagrada a sétima fase da operação.

Seguindo o que já aconteceu com outros presos da Lava Jato, Fernando Baiano poderá ser transferido ainda nesta quarta-feira para o Complexo Médico-Penal em Pinhas, na região metropolitana de Curitiba.

A PF solicitou à Justiça a transferência de envolvidos no esquema de corrupção alegando não ter condições de manter todos os presos nas várias fases da operação na carceragem de Curitiba. A polícia argumentou que não poderia garantir que os acusados seriam mantidos sem contato entre si, uma das medidas estabelecidas pela Justiça ao determinar as prisões.

Na segunda-feira foram feitas as primeiras transferências de prisão.

Fernando Baiano, segundo as investigações, é suspeito de ter ligação com o PMDB. Ele teria interpediado pagamentos de propina para obstruir os trabalhos de duas CPIs, em 2009 e 2010.

Tanto PMDB como Baiano negam a acusação.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos