Foco

Buscas aos destroços do avião que caiu na França são retomadas

Foram retomadas no início da manhã desta quarta-feira as buscas pelos corpos dos 150 mortos na queda do avião da empresa Germanwings, filial de baixo custo da Lufthansa. Os destroços do Airbus A320 foram encontrados na região remota dos alpes franceses, um local de difícil acesso.

As equipes de resgate são formadas por 600 homens.

Também nesta manhã, o ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve, falou sobre a caixa-preta do avião – um dos equipamentos foi encontrado ainda na terça-feira. Segundo ele, apesar de danificada será possível analisá-la e, assim, reconstituir a conversa dos pilotos antes do acidente.

arte acidente aviao frança

O acidente

O Airbus A320 decolou do aeroporto de Barcelona, na Espanha, pouco depois das 9h (5h de Brasília) de terça-feira e tinha como destino a cidade alemã de Düsseldorf. Às 10h47min (horário local) o piloto fez o último contato com os controladores do tráfego aéreo: «urgente, urgente. Emergência, emergência», disse.

Em entrevista coletiva na terça-feira, o presidente da Germanwings afirmou que o Airbus teve uma queda acentuada que durou 8 minutos.

Ainda não há informações, no entanto, sobre o que provocou a queda. Equipes de resgate encontraram o avião completamente destruído. As maiores partes encontradas teriam menos de dois metros de comprimento.

[metrogallerymaker id=»622″]

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos