Foco

Após eleições, esquerda faz aliança e obtém maioria no parlamento da Grécia

O partido de esquerda grego Syriza vai formar um governo de coalizão com a legenda de direita Gregos Independentes, que também se opõe ao resgate internacional ao país, disse o líder do partido menor a repórteres nesta segunda-feira.

«Quero anunciar que a partir deste momento há um governo no país. O Gregos Independentes concede um voto de confiança ao primeiro-ministro Alexis Tsipras. Há um acordo em princípio», disse Panos Kammenos após reunião com Tsipras na sede do Syriza, em Atenas.

«O primeiro-ministro vai encontrar o presidente nesta segunda-feira para seu juramento e vai anunciar a composição do governo, no qual o Gregos Independentes terá participação», acrescentou.

A aliança entre partidos que se posicionam em lados opostos do espectro político marca uma união incomum entre forças que se juntaram pela oposição comum ao resgate da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional à Grécia.

O partido Gregos Independentes é a sexta força política do Parlamento grego, tendo conseguido 4,75% dos votos, o que se traduz em 13 deputados na assembleia.

As reuniões para a formação de um novo Executivo começaram nesta segunda-feira, depois de o partido antiausteridade Syriza ter conseguido 149 assentos parlamentares, ficando a dois lugares da maioria absoluta.

A primeira reunião organizada pelo partido vencedor foi com Kammenos, mas estão previstos encontros com o líder centrista do partido To Potami, Stavros Theodorakis, assim como com o líder do Partido Comunista, apesar de não se conhecer o calendário das próximas reuniões.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos