Foco

Jornal alemão que publicou charges do Charlie Hebdo é incendiado

Um jornal da cidade alemã de Hamburgo que publicou charges de Maomé do satírico Charlie Hebdo sofreu um incêndio provocado neste domingo, dia 11, no qual não houve feridos, informou a polícia. «Jogaram pedras e depois um objeto em chamas contra a janela», informou um porta-voz da polícia à AFP.

«Duas salas do andar debaixo ficaram danificados, mas o fogo foi apagado rapidamente», acrescentou.

O jornal regional Hamburger Morgenpost publicou na primeira página três charges da Charlie Hebdo depois do ataque de quarta-feira, dia 7, contra a sede da publicação em Paris, quando morreram 12 pessoas.

Duas pessoas foram detidas, segundo a polícia, que está investigando se o ataque tem mesmo relação com as charges.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos