Brasil

Empreiteiras doaram quase R$ 40 milhões a governadores eleitos

Empreiteiras investigadas na operação Lava Jato repassaram quase R$ 40 milhões às campanhas de 19 governadores eleitos e reeleitos neste ano. Do valor total das doações, 30% foram para Rui Costa (PT-BA) e Renan Filho (PMDB-AL).

Sete empresas fizeram as doações: a Engevix repassou R$ 88 milhões, a OAS R$ 16,6 milhões e a Queiroz Galvão R$ 8,99 milhões. A Odebrecht fez nove repasses que somam R$ 5,5 milhões e a UTC efetuou outros quatro que no total atingem R$ 7 milhões.

As outras duas empresas repassaram valores menores: a Galvão doou R$ 200 mil e a Camargo Corrêa R$ 457 mil.

As mesmas empreiteiras também doaram R$ 72,5 milhões para as campanhas presidenciais de Dilma Rousseff (PT) e de Aécio Neves (PSDB), segundo o jornal Folha de S. Paulo. Somados os repasses a governadoes e candidatos à presidência o total de repasse ultrapassa os R$ 110 milhões.

Entre os governadores, Rui Costa (PT-BA) foi o que recebeu mais dinheiro, R$ 9,4 milhões. Em segundo lugar aparece o governador reeleito de São Paulo (PSDB-SP), para quem as empreiteiras doaram R$ 6,99 milhões. E o governador eleito em Alagoas, Renan Filho (PMDB-AL) – filho do senador Renan Calheiros – vem em terceiro, com R$ 4,9 milhões.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos