Foco

Moscou diz que sanções ‘míopes’ vão agravar relações entre Rússia e EUA

O comunicado foi emitido pelo Ministério de Relações Exteriores | Maxim Zmeyev/Reuters
O comunicado foi emitido pelo Ministério de Relações Exteriores | Maxim Zmeyev/Reuters

A Rússia chamou nesta quarta-feira as novas sanções dos Estados Unidos de «destrutivas e míopes», afirmando que serviriam apenas para agravar os laços entre a Rússia e os EUA, que devido à crise ucraniana já se encontram em seu pior estado desde a Guerra Fria.

«Tais decisões de Washington podem agravar ainda mais a situação das relações entre Rússia e EUA e criar um ambiente extremamente desfavorável nas relações internacionais, em que a cooperação entre nossos Estados desempenha com frequência um papel decisivo», disse um comunicado do Ministério das Relações Exteriores russo.

Leia também:
Exército ucraniano toma controle de região separatista

«As perdas de fato provenientes dessa política destrutiva e míope serão em grande medida tangíveis para Washington.»

Sanções vão encarecer energia para a Europa

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia afirmou nesta quarta-feira que as sanções impostas pela União Europeia ao país por conta da crise na Ucrânia vão «inevitavelmente» levar a preços mais altos da energia na Europa.

«Ao partir para uma sequência de sanções, Bruxelas, por sua própria vontade, está criando barreiras para uma maior cooperação com a Rússia em uma esfera tão importante quanto à da energia. Isso é uma medida impensada e irresponsável. Vai inevitavelmente levar a um aumento dos preços no mercado europeu», disse o ministério em comunicado.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos