Foco

Policiais são suspeitos de ligação com o PCC em São Paulo

Cerca de 30 policiais civis e militares, de várias regiões de São Paulo, estão sendo investigados pela Polícia Civil por suspeita de ligação com integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital).

Interceptações telefônicas feitas pelo Deic durante seis meses flagraram policiais conversando com integrantes da facção ou sendo citados em conversas entre os criminosos, segundo o Jornal da Band.

Em uma semana, a Polícia Civil prendeu 40 suspeitos – nenhum policial. Foram apreendidos 102 kg de cocaína, 40 kg de maconha, 16 veículos e armas. O Deic também conseguiu apreender registros de contabilidade do PCC. Neles, há menção a pagamentos para parte dos policiais que já estavam sendo investigados.

O foco da operação está no chamado “centro operacional e financeiro” do PCC. Por isso, os criminosos que gerenciam o dinheiro da facção estão sendo investigados, mas, nas interceptações, foram detectados policiais e criminosos negociando pagamento de propina para que pontos de venda de drogas fossem ignorados. Agentes também exigiam de integrantes do PCC dinheiro para liberar suspeitos detidos e drogas apreendidas.

Os casos foram encaminhados para as corregedorias da PM e da Polícia Civil, para que haja eventuais prisões e afastamentos de policiais. A SSP (Secretaria da Segurança Pública) afirmou que não se manifestaria porque a investigação está em andamento. 

A polícia apreendeu drogas, armas, munição e documentos:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos