Foco

Fifa faz alerta sobre venda ilegal de ingressos para a Copa

Ingresso para Brasil X México | Reprodução/Fifa
Ingresso para Brasil X México | Reprodução/Fifa

Preocupada com a venda ilegal de ingressos, a Fifa fez um alerta os torcedores interessados em comprar entradas para a Copa do Mundo e anunciou que intensificou a fiscalização para evitar revendas não autorizadas. Em comunicado, a entidade condena a ação de “cambistas inescrupulosos em todo o planeta” que fazem a comercialização “a preços exorbitantes”.

“Portanto, a FIFA e a MATCH Enforcement, divisão da MATCH Services encarregada pela FIFA de detectar e deter a venda não autorizada de ingressos, estão incrementando seus esforços e a cooperação com as autoridades para coibir tais atividades em todos os níveis”, diz a entidade em nota.

Leia mais
• Shakira lança videoclipe para Copa no Brasil
• Câmara de São Paulo aprova bebida alcoólica na Copa
• Segundo jogo-teste no Itaquerão tem nova data e adversário

A Fifa reforça que somente o site oficial (www.fifa.com) é a única “fonte legítima” para a compra de ingressos.

“Para a FIFA, é fundamental proteger os torcedores dos riscos das vendas ilegais de ingressos. Nas últimas semanas, infelizmente estamos vendo cada vez mais pessoas saindo decepcionadas de nossos centros de venda por não conseguir retirar os ingressos comprados em sites não oficiais. A FIFA cancela todos os ingressos que forem descobertos como fruto de venda ou revenda ilegal, e os portadores correm o risco de não ser autorizados a entrar nas partidas da Copa do Mundo”, declarou o diretor de marketing da entidade, Thierry Weil.

A Fifa ainda ressalta que o Estatuto do Torcedor proíbe a venda de ingressos por valor superior ao impresso no bilhete. A entidade disponibiliza o e-mail enforcement@match-ag.com para que os torcedores tirem dúvidas sobre a procedência das entradas oferecidas.

Fontes suspeitas

Recentemente, um homem foi preso no Rio de Janeiro por policiais da Delegacia do Consumidor (Decon), na “Operação Torcedor”, tentando vender um ingresso.

Há também sites não oficiais que comercializam ingressos por preços muito maiores que os originais. Um deles chegava a oferecer um bilhete para a final da Copa por R$ 6 mil, quando a entrada mais cara para o jogo, por meio da Fifa, custa R$ 1.980.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos