Brasil

Dilma se recupera e rivais sobem em nova pesquisa eleitoral

Dilma venceria Aécio e Campos no primeiro turno / Reprodução  Agência Brasil
Dilma, Aécio e Campos | Reprodução Agência Brasil

selo-eleicao-eleicoes-2014-150A presidente Dilma Rousseff segue favorita à reeleição. Após a queda nas intenções de voto em abril, a petista, que aparecia com 37%, agora voltou a 40% da preferência do eleitorado, segundo pesquisa Ibope divulgada ontem. O levantamento foi feito com 2.002 eleitores, em 140 municípios, entre 15 e 19 de maio.

A recuperação de Dilma, porém, vem acompanhada de um crescimento mais contundente dos principais adversários, que chegaram ao melhor desempenho até agora durante a corrida eleitoral.

Aécio Neves, do PSDB, atingiu 20% — alta de seis pontos percentuais. Eduardo Campos, do PSB, aparece com 11%, quatro pontos a mais do que no último levantamento.

O quarto colocado na pesquisa é o Pastor Everaldo, do PSC, que oscilou de 2% para 3% — dentro da margem de erro, de dois pontos percentuais. Eduardo Jorge (PV) e José Maria (PSTU) têm 1%. Os demais pré-candidatos — Eymael (PSDC), Levy Fidelix  (PRTB), Mauro Iasi (PCB) e Randolfe Rodrigues (Psol) — não pontuaram. Se as eleições fossem hoje, Dilma venceria no primeiro turno, já que a soma de todos os seus adversários é de 37%.

Novos cenários

A pesquisa trouxe dois cenários inéditos. O primeiro foi  a queda no número de eleitores dispostos a votar em branco ou nulo, de 24% para 14%. A outra é a condição semelhante para os adversários de Dilma no segundo turno.

A petista venceria Aécio Neves por 43% a 24%. Se o adversário fosse Eduardo Campos, a disputa ficaria 42% a 22%.

O Ibope incluiu na pesquisa uma eventual troca de Dilma pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato do PT. Lula desequilibraria as eleições, vencendo Aécio Neves por 49% a 20% e Eduardo Campos por 50% a 16%.

Entre os três principais pré-candidatos Dilma tem a maior rejeição: 33% seguida de Aécio 20% e Campos, 13%.

corrida-presidencial

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos