Brasil

Pedidos de refúgio no país crescem mais de 9 vezes

O número de pedidos de refúgio no Brasil cresceu 9,2 vezes. Em 2010, o país recebeu 566 solicitações. No ano passado, foram 5,2 mil.

Os números foram divulgados nesta quarta-feira pelo Conare (Comitê Nacional para os Refugiados), órgão do Ministério da Justiça responsável pela análise dos pedidos.

Segundo o estudo, o Brasil abriga atualmente 5.208 pessoas, de 80 nacionalidades distintas. Os números, no entanto, não incluem os 21 mil haitianos que estão em território brasileiro, embora eles tenham solicitado refúgio oficialmente.

Os homens respondem pela maioria das solicitações. Apenas 34% dos pedidos são de mulheres.

No ano passado,  a maioria dos pedidos (1.837) veio de Bangladesh, na Ásia. Em segundo lugar, aparece o Senegal, com 961 requerimentos (veja quadro).

O crescimento no número de solicitações fez com que o Conare agilizasse o processo de apreciação dos pedidos. Enquanto em 2010 o órgão verificou 317 solicitações, em 2013, 5.769 casos foram analisados.

Uma resolução publicada anteontem no “Diário Oficial” diminuiu a burocracia no processo de solicitação. Segundo o texto, o protocolo poderá ser entregue no ato da solicitação.

Até a mudança, era necessário que o candidato realizasse entrevistas na PF (Polícia Federal) e no Conare.

20140515_SP06_Solicitantes

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos