Foco

Farah Jorge Farah confessa ter assassinado ex-amante

No terceiro dia de julgamento, o ex-cirurgião plástico Farah Jorge Farah, de 64 anos, confessou ter assassinado a amante Maria do Carmo em 24 de janeiro de 2003. Porém, afirmou não se lembrar dos fatos por estar em “estado alterado” no momento da ação.

“Até hoje eu não tenho noção de ter cometido um crime. Eu agi em legítima defesa da minha vida e para proteger meu pai e minha mãe”, afirmou Farah.

O médico havia sido condenado em abril de 2008 a 13 anos de prisão por ter matado e esquartejado a amante, mas o julgamento foi anulado após a defesa alegar que laudos atestavam que Farah estava em estado alterado e não tinha compreensão dos seus atos.

O médico também foi acusado de abusar sexualmente de pacientes.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos