Foco

Pedreiro morre em obra do Rodoanel em São Paulo

Lenílson Gomes/ GESP
Um operário morreu e outro ficou ferido em um desabamento nas obras do Rodoanel | Lenílson Gomes/ GESP

Um operário morreu e outro ficou ferido, na noite de quinta-feira, em um desabamento nas obras do Rodoanel, na região da cidade de Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo, em um trecho da estrada próximo à Rodovia Ayrton Senna.

Leia também:

Justiça faz audiência de julgamento de acusados de matar cinegrafista
São Paulo pede explicações ao Acre sobre imigrantes haitianos
Ônibus em chamas atinge casa na Grande São Paulo

Funcionários preenchiam uma estrutura metálica com concreto, para a formação de mais uma pilastra, quando a peça veio abaixo, atingindo dois operários.

Um pedreiro de 45 anos morreu antes da chegada do resgate. O outro trabalhador ferido foi levado para um hospital e não corre risco de morrer.

Por meio de nota, a Certa, responsável pela construção e especializada em concretagem, lamentou o corrido e disse que vai prestar toda a assistência necessária a família da vítima. A empresa também informou que o pedreiro estava usando equipamentos de segurança exigidos pela legislação e que ele havia participado do último treinamento de segurança, focado para trabalho em altura, que aconteceu em junho de 2013.

A vítima era casada e tinha dois filhos. A empresa prometeu dar assistência à família do pedreiro e cuidará do enterro de seu corpo.

As causas do acidente vão ser investigadas.

Primeiro caso

Esse foi o segundo acidente com vítima fatal registrado em pouco mais de três meses nas obras do trecho leste do Rodoanel. Em 18 de janeiro, um funcionário morreu quando realizava o trabalho de concretagem no mesmo viaduto.

O acidente ocorreu em um trecho alagado por um braço do Rio Tietê, não muito longe do local do desabamento da noite de ontem. Na ocasião, o trabalhador, de 26 anos, desequilibrou-se, bateu a cabeça e caiu dentro de uma lagoa, onde morreu.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos