Foco

Haddad quer 6 feriados por conta de jogos da Copa

Estádio de Itaquera, que receberá a abertura da Copa no dia 12 de junho | André Porto/Metro
Estádio de Itaquera, que receberá a abertura da Copa no dia 12 de junho | André Porto/Metro

Com a justificativa de evitar um colapso no trânsito da capital, o prefeito Fernando Haddad (PT) enviou um projeto de lei à Câmara Municipal que prevê feriado municipal nos seis dias em que haverá jogos da Copa do Mundo em São Paulo.

Inicialmente, o texto prevê a paralisação das atividades na cidade no dia 12 de junho, quando ocorrerá a cerimônia de abertura e o primeiro jogo oficial, entre Brasil e Croácia, no estádio do Corinthians, em Itaquera.

 

Na data, irão funcionar apenas os chamados serviços essenciais, como hospitais e o serviço funerário.

Além disso, o prefeito terá a prerrogativa de decretar feriado nos demais jogos do mundial previstos para a capital nos dias 19 de junho (Uruguai e Inglaterra), 23 de junho (Holanda e Chile) e 26 de junho  (Coreia do Sul e Bélgica. Nos dias 1º e 9 de julho serão realizadas partidas das oitavas de final e das semifinais, respectivamente.

Leia também:
• Álbum Virtual da Copa tem mais de 1,4 milhões de colecionadores
• Conheça a fábrica de figurinhas da Copa, hobby que virou febre pré-Mundial
• Aplicativo ajuda na troca de figurinhas para o álbum da Copa, confira
• Exposição na web mostra a raça das seleções para a Copa

No projeto, Haddad justifica a medida alegando que ela tem como objetivo “reduzir expressivamente  o trânsito, evitando um colapso do sistema viário e aliviando as redes de ônibus, metrô e trens.

De acordo com o prefeito, os feriados irão atender exigências técnicas de fluxo, impedindo o encontro entre pessoas que retornam do trabalho com aquelas que se dirigem ao estádio, principalmente no período entre 15h e 17h.

Bebida liberada

O texto enviado por Haddad para os vereadores ainda libera a venda de bebidas alcoólicas no entorno e dentro do estádio do Corinthians.

Para autorizar a comercialização, o prefeito pede a anulação de duas leis estaduais, uma de 1997 e outra de 2008, que proíbem o consumo de bebidas em partidas de futebol. No projeto, ele destaca que a alteração é necessária para garantir o cumprimento do contrato assinado com a Fifa.

Outros Estados

A Lei Geral da Copa autorizados os 11 Estados e o Distrito Federal a declararem feriado nos dias de jogos do mundial. A liberação vale para todas as partidas. No caso dos jogos do Brasil, que  irão ocorrer nos dias 12, 17 e 23 de junho, na primeira fase, é dado como certo a decretação de um feriado nacional pelo Planalto.

Até o envio da proposta de  Haddad, apenas o Rio de Janeiro havia confirmado a suspensão das atividades nos dias de jogos. Belo Horizonte, Brasília e Curitiba devem decretar ponto facultativo nos órgãos públicos. As demais cidades ainda não definiram.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos