Foco

Reunião definirá como será a ocupação da Maré

O Comando Militar do Leste vai definir na tarde desta quinta-feira como será a ocupação das tropas federais no complexo da Maré. O Exército está autorizado a entrar no conjunto de favelas da zona norte a partir de sábado.

Apesar de não haver especificação de efetivo na operação de Garantia da Lei e da Ordem, o Ministério da Defesa acredita que o complexo não vai precisar de mais de dois mil militares para fazer a segurança nas 15 comunidades após ocupação por policiais militares.

A diretriz ministerial que autoriza a entrada das Forças Armadas no conjunto de favelas também explica que os militares poderão efetuar prisão em flagrante, patrulhamento e vistoria.

O Exército vai permanecer na região até o dia 31 de julho, mas o prazo pode ser prorrogado. O Governo do Estado pretende instalar uma Unidade de Polícia Pacificadora no Complexo da Maré no segundo semestre.

Enquanto os militares não desembarcam nas favelas, operações são realizadas pela PM e pela Polícia Civil para desarticular o tráfico de drogas na região. São cerca de MIL pms na ocupação direta.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos