Estilo de Vida

NASA: Telescópio Hubble capta ‘peculiar’ imagem no espaço; confira registro

Um curioso par de galáxias espirais a cerca de 800 milhões de anos-luz de distância.

Uma nova imagem do Telescópio Espacial Hubble da Agência Espacial Americana (NASA) do IC 4271, também conhecido como Arp 40, mostra um curioso par de galáxias espirais a cerca de 800 milhões de anos-luz de distância.

Como detalhado pela NASA, a galáxia menor é sobreposta à maior, que é um tipo de galáxia ativa chamada galáxia Seyfert.

As galáxias Seyfert são nomeadas em homenagem ao astrônomo Carl K. Seyfert que, em 1943, publicou um artigo sobre galáxias espirais com linhas de emissão muito brilhantes.

Hoje sabemos que cerca de 10% de todas as galáxias podem ser galáxias Seyfert. Eles pertencem à classe de “galáxias ativas” – galáxias que possuem buracos negros supermassivos em seus centros, acumulando material, que libera grandes quantidades de radiação.

Os núcleos ativos das galáxias Seyfert são mais brilhantes quando observados em luz fora do espectro visível.

Como detalhado pela NASA, a galáxia maior neste par é uma galáxia Seyfert Tipo II, o que significa que é uma fonte muito brilhante de luz infravermelha e visível.

Telescópio Hubble capta ‘peculiar’ imagem no espaço

A imagem usa dados coletados durante as observações do Hubble projetadas para estudar o papel da poeira na formação das distribuições de energia de galáxias de disco de baixa massa.

As observações do Hubble observaram seis pares de galáxias onde uma estava na frente da outra.

Ainda de acordo com as informações, como a IC 4271 é uma galáxia Seyfert Tipo II, os comprimentos de onda visíveis e infravermelhos da luz dominam a imagem.

As cores nesta imagem são principalmente a luz visível, enquanto a cor violeta representa a luz ultravioleta e o vermelho representa a luz infravermelha próxima. Confira:

Texto com informações da NASA

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos