Estilo de Vida

Esse grupo de pessoas não deveriam tomar paracetamol! Veja se você é uma delas

Remédio também pode trazer riscos caso a dosagem máxima diária seja ultrapassada

Remédio

O paracetamol é um dos medicamentos mais utilizados do mundo, fazendo parte daquela caixinha de primeiros-socorros e remédios essenciais que muitas pessoas têm em casa. Utilizado de forma oral, em formato de comprimido ou gotas, o farmaco possui propriedades analgésicas e antipiréticas, responsáveis principalmente por controlar as dores de cabeça e reduzir a febre.

LEIA TAMBÉM: Ibuprofeno ou paracetamol: qual é o melhor remédio para controlar a febre em crianças?

Mesmo sendo um medicamento muito popular, assim como qualquer outra fórmula, seu uso deve ser controlado. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) faz o alerta sobre o uso indiscriminado, que pode levar a eventos adversos graves, incluindo hepatite medicamentosa e morte. Além disso, o paracetamol possui contraindicações e alguns pacientes não devem tomá-lo.

Quem não deve tomá-lo?

Segundo A Faculdade de Medicina da Universidade Nacional Autônoma do México (Unam), aquelas pessoas que não devem fazer o uso do medicamento são:

  • Pacientes com hipersensibilidade;
  • Pacientes com lesão hepática e que estejam recebendo drogas hepatotóxicas ou que tenham doença renal devem tomar este medicamento com cautela, pois é metabolizado no fígado;
  • Mulheres grávidas (não deve ser administrado por períodos prolongados);
  • A ingestão de três ou mais bebidas alcoólicas por períodos prolongados pode aumentar o risco de lesão hepática ou sangramento no trato digestivo associado ao uso de paracetamol, portanto, essas condições devem ser consideradas na prescrição do medicamento.

A Anvisa recomenda que a bula do paracetamol seja consultada para não ultrapassar a dosagem recomendada, sendo:

  • Adultos e crianças acima de 12 anos: A dose máxima é de 4 gramas em um dia;
  • Crianças entre 2 e 11 anos: Não deve ser utilizado mais de, 50-75 mg/kg, em um dia (24 horas);
  • Para crianças abaixo de 11 kg ou 2 anos ou com menos de 20 kg: consulte o médico antes de usar;

⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅

ATENÇÃO!

Este texto é apenas informativo e não tem como objetivo oferecer soluções médicas. Caso você tenha dúvidas sobre a condição descrita, consulte o médico e nunca faça o uso de medicamentos sem a prescrição de um especialista.

⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅

LEIA MAIS:

NUNCA coma esses alimentos no período da noite

Gravidez química: um problema comum, mas pouco conhecido

Bebidinha caseira fácil que acelera metabolismo: Smoothie de kiwi, laranja e abacaxi para emagrecer

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos