Estilo de Vida

Gato toma banho? Descubra no texto

Será que só passar a língua nos pelos é o suficiente?

Banho de gato

É comum ver o gato se lambendo. O pet faz essa ação várias vezes durante o dia. Mas será que o ‘banho de gato’ é o suficiente para o bichano se manter limpo ou ele precisa ir para debaixo da água?

De acordo com o portal Petz, eles até tomam banho, mas o ideal é evitar. Os bichanos são animais muito disciplinados e gostam de se limpar frequentemente. Quando um ser humano faz isso, eles não curtem muito a ideia.

Mesmo assim, é necessário que exista a limpeza em algumas situações, como:

  • o felino apresenta algum problema de pele: dermatologicamente falando, bichanos têm maior tendência a doenças como a dermatite seborreica, por exemplo. Nesses casos, sob indicação profissional, é válido iniciar um ciclo de banhos com shampoos próprios para controlar a inflamação;
  • o gato está tão sujo que não consegue se limpar sozinho: graxa, óleo, lixo ou até fezes podem ser removidos com um banho caprichado;
  • o bichano é da raça Sphynx: os gatos sem pelos precisam de banho semanais porque a ausência de pelagem contribui para maior oleosidade na pele — impossível de remover apenas com lambidas.

LEIA TAMBÉM: Sphynx: descubra 8 fatos sobre essa raça de gato considerada peculiar

Uma dica pra seu gato acostumar com a água é dar banho desde filhote. A partir dos dois meses, a higienização é permitida. Porém, ela não pode ser exagerada.

A lambida do gato garante a manutenção e a higiene. Segundo Louis Pasteur, bacteriologista francês, os gatos passam de 30 a 50% do tempo lambendo o corpo. Ou seja, o ditado popular ‘banho de gato’ não faz muito sentido, pois ele leva muito mais tempo do que achamos.

A anatomia do gato facilita e muito sua autolimpeza. Os membros pelvinos (fêmur, patela, tíbia, perônio, fíbula, sete ossos tarsais, quatro metatarsais e falanges) giram em direção à cabeça, deixando o processo de lambedura mais fácil.

A língua também auxilia no processo. Pelo fato de ser áspera, ela elimina as bolas de pelo e penteia o que fica no corpo.

Dicas para dar banho no gato:

  • Use luvas para proteger as mãos;
  • Escolha um recipiente grande;
  • Use água morna;
  • Segure o gato da maneira correta;
  • Tenha cuidado para não molhar os ouvidos do gato;
  • Seque o pet com uma toalha.

ATENÇÃO!

Caso tenha dúvidas para saber se o seu felino necessita ou não de um banho, procure um médico veterinário.

LEIA MAIS:

Veja as 5 raças de gato mais peludas

As raças de cães que NÃO GOSTAM DE CARINHO

Descubra quais são os cheiros que os gatos detestam

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos