Estilo de Vida

Falta de vitamina D? Veja 5 alimentos que aumentam o nível da substância

Composto pode ser obtido através de exposição ao sol e de alimentos ricos em vitamina D

Alimentos ricos em vitamina D

A vitamina D é um dos compostos nutricionais mais importantes para o ser humano. Ela é responsável por regular os níveis de fosfato e cálcio no organismo, deixando os dentes, ossos e músculos saudáveis. Além disso, o complexo evita que crianças sofram de problemas como raquitismo.

Um dos modos de adquirir a vitamina D de forma natural é através dos raios solares. Uma exposição ao sol diária de 15 minutos é importante, pois é a partir daí que o corpo sintetiza a vitamina. Porém, existem outras formas de adquirir esse nutriente a partir de alguns alimentos. Veja 5 deles a seguir, de acordo com o site Meganotícias.

Atum enlatado

Alguns tipos de peixes são ricos em vitamina D, entre eles o atum. Em latas de 100 gramas de atum você pode obter 34% da quantidade diária recomendada de vitamina D. Mas é importante ter em mente que esse peixe contém metilmercúrio, prejudicial à saúde caso consumido em grandes quantidades.

Salmão

Outro peixe que você pode acrescentar na sua dieta para obter mais vitamina D é o salmão, que contém cerca de 25% da recomendação de vitamina D para cada dia.

LEIA TAMBÉM: Veja 5 alimentos que vão te ajudar a se manter hidratado se você não bebe muita água

Cogumelo

Assim como os humanos, os cogumelos também sintetizam vitamina D quando são expostos ao sol, por isso é o único vegetal que contém a vitamina.

Gema de ovo

O ovo é um tipo de alimento muito completo, pois fornece vitaminas, proteínas, gorduras saudáveis e minerais. É estimado que a gema possua 5% da dose diária de vitamina D. Entretanto, esse número depende da exposição ao sol ou dos suplementos que as galinhas adquiriram antes de chocar o ovo.

Fígado

Não são todas as pessoas que consomem esse tipo de carne, mas ela pode ser benéfica para quem deseja adquirir vitamina D, pois 85 gramas de fígado de gado contém 5% da recomendação diária recomendada dessa vitamina. Por outro lado, o consumo excessivo deve ser evitado pois o alimento é rico em colesterol.

ATENÇÃO!

Este texto é apenas informativo e não tem como objetivo fornecer diagnósticos médicos ou dietas. Para tirar dúvidas sobre saúde, procure um médico nutricionista.

LEIA MAIS:

“Açúcar não é o vilão, o vilão é o excesso”, diz nutricionista

Mudar sua dieta pode aumentar sua expectativa de vida em até 13 anos, defende estudo

Essas são as pessoas que não deveriam comer muita banana

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos