Estilo de Vida

Veja 3 atividades físicas diferentes para quem está cansado de academia

Exercícios trabalham o corpo, sendo indicados para quem deseja queimar calorias e fugir do estresse

Veja 3 atividades físicas diferentes para quem está cansado de academia

Se uma das suas promessas para o ano de 2022 era iniciar alguma atividade física, porém você deseja fazer algo além da academia, que tal escolher por um exercício diferente?

Entre concentração, força e combate corporal, as atividades a seguir têm como principal objeto trabalhar o corpo e os músculos, mas também servem para desestressar e limpar a mente.

Circo

Você já se imaginou fazendo circo? Essa atividade vista como algo lúdico pode ser perfeita para o ganho de flexibilidade a perda de calorias. A Escola de Circo Plantando Alegria possui atividades para crianças a partir de 3 anos e adultos, sem limite de idade.As aulas incluem tecido acrobático, lira acrobática, acrobacia de solo, argolas olímpicas, flexibilidade e outras atividades. “Nossa meta é que o aluno trabalhe tanto o corpo como também a mente superando medos e fobias pessoais, que para algumas pessoas, nossas aulas servem como terapia e válvula de escape para levar uma vida mais tranquila e leve”, informam os proprietários da escola, Priscila Tavares e Lello Coelho.

Veja 3 atividades físicas diferentes para quem está cansado de academia

Sobre a busca do circo como atividade física, Priscila e Lello explicam que, por ser uma atividade diferente, que foge das rotinas dos exercícios físicos, as pessoas acabam gostando. “Temos alunos que nos procuram com objetivos físicos de emagrecimento, melhora de postura, fortalecimento, amplitude de movimentos, mas também temos alunos que nos procuram como uma forma de terapia, superação de medos e fobias pessoais, alívio de stress e diminuição de sintomas de depressão”. Eles completam dizendo: “o circo, antes de tudo, é uma arte, para atingir esse grau artístico e realizá-lo de forma leve e limpa, o aluno precisa ter um trabalho corporal de força, resistência e flexibilidade muito bem realizados. Circo é arte com suor. Hoje, muitas pessoas buscam uma atividade que seja divertida, motivadora e que agreguem valor ao seu dia a dia, isso o circo tem de sobra”.

Pole Dance

Popularizado no Brasil há pouco tempo, o Pole Dance é uma forma de expressão artística e de dança muito procurada pelo público feminino. A estudande de medicina veterinária, Patrícia Ferezin, de 27 anos, iniciou a atividade a mais ou menos um ano, após indicação de uma amiga. “Iniciei porque queria fazer alguma atividade física não só pela saúde física mas também pela saúde mental, pra ocupar a cabeça com algo que eu gostasse mesmo. Eu nunca gostei muito de academia, mas sempre tive interesse pela dança.”

A praticante diz que o pole possui vários estilos, alguns relacionadas diretamente ao físico. “O pole conta várias vertentes, desde o pole acrobático, pole exotic até o polecoreográfico, inclusive existem vários campeonatos todo ano. A perda de calorias é consequência do esforço que a gente faz e da resistência muscular envolvidos”, diz Ferezin.

Veja 3 atividades físicas diferentes para quem está cansado de academia

Sobre o local apropriado para a prática, é possível encontrar algumas escolas que dão aula de pole dance, tanto presencial quanto online. Patrícia diz que é possível aprender sozinho, mas que é essencial a orientação de um instrutor, principalmente para respeitar os limites do corpo. “Sozinho também é preciso ter uma disciplina bem grande, principalmente para manter a constância dos treinos” diz a praticante.

Sobre o Pole Dance ser visto como algo direcionado para o público feminino, Patrícia diz que a atividade é para todos os gêneros e corpos. “ A gente descobre que nosso corpo é capaz de fazer um monte de coisa diferente, a gente ganha confiança na gente mesmo, nossa autoestima também aumenta. Além disso, o pole é pra todos os corpos e não é limitado ao sexo feminino”.

Krav Magá

A luta também pode ser uma boa escolha para quem busca uma atividade desestressante. O Krav Magá é um estilo de defesa pessoal Israelense e significa em hebraico ‘Combate de Contato’. Criada em 1940, era uma arte secreta até 1964, quando passou a ser ensinada à população civil em Israel e nas demais unidades do exército.

Diferentemente dos outros exercícios citados, o Krav Magá não exige força física e se baseia nos movimentos naturais do corpo. “Os golpes são curtos e rápidos e visam atingir os pontos sensíveis do corpo do oponente. A física nos ensina que a energia é igual a massa multiplicada pela aceleração, portanto, a ideia é aplicar o golpe com a maior transferência de peso e a maior velocidade na direção do alvo. Assim, qualquer ser humano pode usar o Krav Magá, independentemente de sua força física, seu tamanho ou seu sexo”, diz Avigdor Zalmon, presidente da Federação Internacional de Krav Magá.

Mesmo não sendo considerado um esporte, as aulas são dinâmicas, por isso, servem para aquelas pessoas que desejam perder peso. “Em uma hora de treino é possível queimar de 600 a 700 calorias dependendo da intensidade, então pode sim ser adotada como atividade física e é ótima opção para quem também quer conquistar condicionamento físico, ganhar massa muscular, aumentar o gasto calórico e melhorar a resistência física, além de se tornar um grande aliado na manutenção da saúde mental. Os benefícios para a saúde são incríveis e trazem grande impacto na qualidade de vida”, informa Avigdor.

Veja 3 atividades físicas diferentes para quem está cansado de academia

LEIA TAMBÉM:

Veja os benefícios da corrida para a sua saúde

6 sinais de que você está ansioso e não sabe

Burnout passa a ser doença do trabalho; saiba reconhecer os sintomas e entenda o que muda a partir de agora

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos