Estilo de Vida

Passeios paulistanos em 2022: 5 feiras livres para visitar em SP

Cidade tem diversas feiras espalhadas por todo município; confira lista

Fim de semana é dia do que? Se você respondeu “dia de feira”, então vai aproveitar muito as dicas a seguir.

São Paulo tem todo tipo de feira livre: das tradicionais feiras com legumes e frutas às temáticas, o público se reúne em diversos pontos da cidade para comprar itens artesanais a preços reduzidos, em contato diretamente com os produtores, em algumas situações.

O Metro World News separou cinco feiras livres temáticas para você colocar na sua lista de metas para 2022.

Um aviso, antes: é importante ficar atento à qualquer possível mudança nas diretrizes sanitárias relacionadas a covid-19. O surgimento de novas variantes pode acarretar em alterações de decretos governamentais, caso as autoridades sanitárias entendam que seja necessário. Isso afetaria a realização de feiras livres, que costumam causar aglomerações.

LEIA TAMBÉM:

Praça Benedito Calixto

Em Pinheiros está a primeira feira temática desta lista. A feira dessa praça acontece desde 1987. Ela é focada em antiguidades de todos os tipos, desde artesanato e itens de decoração, até discos de vinil. Há venda de comidas, guloseimas e, na parte da tarde, sessões de chorinho.

A feira da Praça Benedito Calixto acontece aos sábados, das 9h às 19h.

Vão do Masp

A Avenida Paulista é um polo cultural diário, mas aos finais de semana recebe também a feira do vão livre do Masp. Ela já acontece há 25 anos e reúne antiguidades como câmeras, canetas antigas, porcelanas, cristais, brinquedos antigos, moedas e outros itens.

A feira do vão livre do Masp acontece aos domingos, das 10h às 17h.

Praça da República

Esta feira também é dedicada a antiguidades, mas com foco em itens raros. Desde sua origem, colecionadores se reúnem no Centro de São Paulo para trocar itens como pedras preciosas, artigos de couro, artesanatos e bijuterias.

A feira da Praça da República acontece aos domingos, das 8h às 18h.

Praça da Liberdade

Não poderia ser diferente: gastronomia e expressões artísticas de origem oriental se reúnem no ponto central da Liberdade todos os finais de semana. Lá, é possível degustar comidas típicas, como yakissoba, guioza e bolinhos de peixe, ou explorar barracas de artesanato que vendem máscaras, bolsas, bijuterias e objetos para decoração.

A feira da Praça da Liberdade é realizada aos sábados e domingos, das 9h às 17h.

Kantuta

O Pari, bairro da região central de São Paulo, tem um polo boliviano. Aos finais de semana, as barracas da Rua Pedro Vicente expõe itens de decoração feitos artesanalmente e comidas típicas, como o refrigerante Inca Kola e empanadas caseiras. É possível conferir ainda atrações musicais e lojinhas de roupas bolivianas.

A feira Kantuta é realizada aos domingos, das 11h às 19h.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos