Estilo de Vida

Passeios paulistanos em 2022: 5 parques públicos para visitar em SP

Cidade conta com diversos espaços verdes; confira lista

O confinamento imposto pela pandemia de covid-19 trouxe o desejo imenso de voltar a circular por espaços abertos, certo? Em São Paulo, mais de 100 parques públicos atraem a população diariamente para práticas esportivas, piqueniques ou mesmo passeios ao ar livre.

Se você é do time que ama deixar o tempo passar em um parque, anota essas dicas: o Metro World News separou cinco parques públicos para você colocar na sua lista de metas para 2022. Usamos como critério os espaços que oferecem diversidade de atividades. Todos os parques listados funcionam de domingo a domingo, com entrada gratuita.

Um aviso, antes: é importante ficar atento à qualquer possível mudança nas diretrizes sanitárias relacionadas a covid-19. O surgimento de novas variantes pode acarretar em alterações de decretos governamentais, caso as autoridades sanitárias entendam que seja necessário. Isso afetaria a visitação de museus, que são espaços fechados.

LEIA TAMBÉM:

Parque Ibirapuera

O Parque Ibirapuera é um dos parques urbanos mais visitados da América Latina e um dos locais mais fotografados do mundo. Foi inaugurado em 1954 e tem uma área de 1,6 milhão de metros quadrados. Além de toda a imensa área verde cravada em meio a uma região tomada por edifícios e os ambientes já tradicionais de qualquer parque, o Ibira conta com uma grande variedade de espaços culturais: Pavilhão da Bienal, Museu de Arte Moderna, Museu Afro Brasil, Oca, Museu de Arte Contemporânea, Planetário, Auditório e Pavilhão Japonês. A Grande Marquise reúne skatistas e outras tribos, enquanto o Ginásio recebe competições esportivas. Também acontecem uma gama de eventos culturais por lá, como as comemorações de Natal e a Bienal de Arte Contemporânea.

O Parque Ibirapuera tem 10 portões. A entrada do portão 2, um dos principais para pedestres, fica na Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n - Vila Mariana. Cada portão tem um horário de funcionamento distinto, mas o parque está aberto das 5h à meia-noite, mas de sábado para domingo fica aberto 24h.

Parque Villa-Lobos

O Parque Villa-Lobos foi inaugurado em 1994 e carrega o nome de um dos maiores músicos brasileiros, Heitor Villa-Lobos. Isso porque ele foi concebido originalmente para ser um oásis musical. São 741 mil metros quadrados de área verde às margens do Rio Pinheiros, com uma infraestrutura diversa. O espaço conta com ciclovia, playground, ilha musical para shows e concertos, quadras para futebol de salão, para para tênis e poliesportivas, campos de futebol, o Orquidário Ruth Cardoso e uma biblioteca pública estadual.

O Parque Villa-Lobos fica localizado na Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001 – Alto dos Pinheiros. Fica aberto das 5h30 às 19h, mas no verão fecha às 20h.

Parque da Água Branca

O Parque da Água Branca foi criado com o objetivo de abrigar exposições e provas zootécnicas, tendo sua inauguração no ano de 1929. O espaço tem 137 mil metros quadrados, com atrações como o Museu Geológico, a Casa de Caboclo - uma réplica de residências da zona rural -, o Aquário, o Relógio do Sol, a Arena Hípica e a sede do Fundo Social de São Paulo, responsável por oferecer cursos de capacitação a pessoas em situação de vulnerabilidade social. Chama a atenção dos visitantes as galinhas, que vivem soltas dentro do parque. O parque também recebe, ao longo de todo o ano, diversos eventos gastronômicos.

O Parque da Água Branca fica localizado na Avenida Francisco Matarazzo, 455 - Barra Funda. Fica aberto das 6h às 20h.

Parque Burle Marx

O Parque Burle Marx tem uma proposta diferente da maioria dos parques mais famosos da cidade. Por ser mais contemplativo, tem menos opções esportivas e mais alternativas para quem deseja admirar a paisagem. Tem cerca de 138 mil metros quadrados. O espaço conta com o Bosque das Jabuticabeiras, a Região dos Lagos, um grande gramado central, playground, horta comunitária, estação de compostagem e construções históricas importantes, como a Casa de Taipa e Pilão e o Jardim Burle Marx - principal atração do parque. É vizinho do Palácio Tangará, primeiro hotel 6 estrelas de São Paulo.

O Parque Burle Marx fica localizado na Avenida Dona Helena Pereira de Moraes, 200 - Vila Andrade. Fica aberto das 7h às 17h.

Parque do Carmo

O Parque do Carmo é o segundo maior da capital paulista, com 1,5 milhão de metros quadrados. É nele que está localizado o segundo maior bosque de cerejeiras do mundo fora do Japão - um dos motivos pelos quais ele é famoso na cidade. Foi inaugurado em 1976, mas antes fazia parte da fazenda do engenheiro Oscar Americano de Caldas Filho. O casarão foi mantido como parte das edificações do parque, onde fica hoje o Museu do Meio Ambiente. Além do bosque e do museu, o parque conta com campos de futebol, ciclovia, playgrounds, dezenas de churrasqueiras, planetário e viveiro.

O Parque do Carmo fica localizado na Avenida Afonso de Sampaio e Sousa, 951 - Itaquera. Fica aberto todos os dias, das 5h30 às 20h.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos