Estilo de Vida

Nasa: Como será a missão que tenta mudar a trajetória do asteroide Dimorphos?

Missão da Nasa partiu nesta quarta-feira em viagem de 11 milhões de quilômetros

A NASA lançou nesta quarta-feira na base da Califórnia um foguete da Space X com uma nave cuja missão se assemelha aos filmes de Hollywood: atingir um asteroide e mudar seu curso.

A nave Dart (Missão de Teste de Redirecionamento de Asteroide Binário, na sigla em inglês) tem o tamanho de um automóvel e pesa cerca de 620 quilos.

No espaço, a nave seguirá em uma viagem de 10 meses até atingir o asteróide Dimorfos, uma lua que orbita um asteróide maior, Didymos, a 11 milhões de km da terra, e tem aproximadamente o tamanho de um campo de futebol (160 metros de diâmetro).

A ideia é chocar a nave contra o asteroide a uma velocidade de quase 25 mil km/h, formando uma cratera e alterando levemente sua rota original em torno de Didymos. O resultado será acompanhado pelos telescópios de toda Terra e é uma forma de os cientistas aprenderem a como lidar com esses objetos no espaço e evitar futuras colisões com a Terra.

Não se preocupe, o asteróide não ameaça a Terra!

Diferentemente do filme Impacto Profundo, onde uma nave é enviada para explodir uma bomba nuclear e mudar a rota do asteroide que ameaça todas as formas de vida na Terra, Dimorphos está muito longe de nosso planeta e não é nenhuma ameaça.

A missão da nave deve funcionar como um tipo de teste para saber até que ponto é possível realizar uma manobra para alterar a trajetória de um asteroide, já que embora Dimorphos esteja muito longe de nosso planeta, há outros asteroides atravessando nosso sistema solar que podem constituir risco para a Terra.

De qualquer forma, os cientistas da Nasa que estudam o sistema solar afirmaram que não há nenhum asteroide cuja trajetória possa colocar a vida no planeta em risco nos próximos 100 anos.

Em 2024, outra nave deve ser lançada para avaliar o impacto e coletar dados.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos