Estilo de Vida

Trauma emocional: aprenda 5 formas de ressignificá-lo para seguir em frente

Não é fácil superar um trauma, mas o primeiro passo é ter o auxílio de um psicólogo. Veja outras dicas no texto

Trauma emocional: aprenda 5 formas de ressignificá-lo para seguir em frente

Os traumas emocionais ocorrem devido a situações que te causaram sofrimento físico e (ou) emocional e não é fácil compreender os traumas emocionais mais difícil ainda é ressignificar esse sentimento negativo.

Quando acontece esse tipo de situação é necessário o auxílio psicológico para compreender seus sentimentos. A terapeuta e especialista em sexualidade, Talita Góis, diz que que o Tantra apareceu como uma última alternativa para ela se recuperar de uma depressão. “Na época que descobri a terapia tântrica ela me ajudou a enfrentar uma depressão profunda, me reconectar comigo mesma e ainda virou minha fonte de renda. Comecei a buscar locais para iniciar na carreira, mas tive uma grande dificuldade. A partir disso surgiu a ideia de abrir minha própria escola de Tantra”, diz.

Para ela, um dos primeiros passos para se recuperar desse trauma é se aceitar: “a autoaceitação ajuda a entender a si mesmo sobre certas emoções, pensamentos, ações e falas”. Por isso, o Tantra é importante. “Quando o assunto é o Tantra estamos falando sobre o amor, sobre aceitar quem você é de verdade, na sua essência, no seu íntimo. A auto aceitação é um caminho lindo a ser trilhado, entender quem você é, quais são seus medos e os seus traumas. É cuidar de você mesmo e se conhecer profundamente, olhar pra dentro de si e deixar que a sua força venha para fora. O seu corpo é o seu templo, conhecê-lo te faz mais forte e mais amável.”, comenta a especialista em sexualidade.

Para a terapeuta tântrica e especialista em sexualidade Talita Góis, existem 5 formas de ressignificar um trauma emocional. Confira a lista abaixo:

1 - Neutralize o ambiente: segundo dados levantados pela International Stress Management Association (Isma-BR), 20% dos funcionários ativos estão trabalhando sob forte pressão emocional, o que compromete a saúde física e emocional fora do ambiente corporativo. “Neutralizar o ambiente que está ajuda a espairecer algumas situações, cada ambiente merece ter as suas particularidades. Procure não levar trabalho para casa e nem problemas de casa para o trabalho”;

2 - Faça Terapia: procurar qualquer tipo de terapia nesses momentos é essencial para ressignificar um trauma. Talita sugere a terapia tantrica. “Quando dizemos que o Tantra é terapêutico, dizemos que o seu próprio corpo ganha forças para se libertar daquilo que não é você, mas que por algum motivo você precisou se tornar. O Tantra é amor, é olhar para si com mais atenção, com mais compaixão”;

3 - Procure hobbies que te alivie de certos traumas: “Os hobbies, também conhecidos como passa tempo, estimulam a concentração e o prazer auxiliando no autocuidado. O tantra, por exemplo, te leva a um caminho de incríveis e intensas descobertas.”;

4 - Não fuja do trauma, lide de suas feridas internas: “Uma forma valiosa para esse processo é não julgar e sim aprender a olhar para suas feridas e dores com um novo olhar, para que assim, uma nova experiência seja criada. Comece a se amar mais, entender a vida de uma forma diferente e dá início a uma jornada única onde todos os paradigmas são quebrados e a libertação se torna palpável e real”;

5 - Cuide mais de você mesmo: “Cuidar das pessoas ao nosso redor é de extrema importância, mas não se esqueça de cuidar de si mesmo, afinal o autoconhecimento pode te transformar por inteiro”, finaliza Talita Góis.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos