logo
Estilo de Vida
/ NASA/JPL-Caltech/ASU/MSSS / NASA/JPL-Caltech/ASU/MSSS
Estilo de Vida 04/09/2021

Perseverance Rover da NASA conclui primeira tentativa para coletar amostras do solo de Marte

Por : Metro World News

Os dados recebidos no final de 1º de setembro do rover Perseverance da NASA indicam que a equipe atingiu seu objetivo de extrair com sucesso uma rocha de Marte. 

Como revelado, por meio de comunicado, as imagens iniciais downlinked após o evento histórico mostram uma amostra intacta presente no tubo após o descaroçamento. 

No entanto, as imagens adicionais tiradas após o braço completar a aquisição da amostra foram inconclusivas devido às más condições de luz solar. Outra rodada de imagens com melhor iluminação será tirada antes que o processamento da amostra continue.

A obtenção de imagens adicionais antes de prosseguir com o selamento e armazenamento da amostra de rocha de Marte é uma etapa extra que a equipe optou por incluir com base em sua experiência com a tentativa de amostragem do rover em 5 de agosto. 

Como detalhado pela NASA, embora a equipe da missão Perseverance esteja confiante de que a amostra está em o tubo, as imagens em ótimas condições de iluminação confirmarão sua presença.

O sistema de amostragem e cache do Perseverance usa uma broca percussiva rotativa e uma broca de núcleo oca na extremidade de seu braço robótico de 2 metros de comprimento   para extrair amostras um pouco mais grossas do que um lápis. 

Perseverance Rover da NASA conclui primeira tentativa

Dentro da broca durante o descaroçamento está um tubo de amostra. Depois de completar o descaroçamento de ontem, o Perseverance manobrou o descaroçador, a broca e a extremidade aberta do tubo de amostra para obter a imagem do instrumento Mastcam-Z do rover. 

O alvo para a tentativa de coleta de amostra foi uma rocha do tamanho de uma pasta pertencente a uma linha de cume que tem mais de 900 metros de comprimento e contém afloramentos rochosos e pedregulhos.

Como detalhado pela NASA, o conjunto inicial de imagens do Mastcam-Z mostrou o final de uma rocha tubular dentro do tubo de amostra. 

Depois de tirar essas imagens, o rover começou um procedimento chamado “percussão para ingerir”, que vibra a broca e o tubo por um segundo, cinco vezes separadas. O movimento é projetado para limpar a borda do tubo de ensaio de qualquer material residual. 

A ação também pode fazer com que uma amostra deslize para dentro do tubo. Depois que o rover terminou o procedimento percussão para ingerir, ele obteve um segundo conjunto de imagens Mastcam-Z. Nessas imagens, a iluminação é fraca e as partes internas do tubo de ensaio não são visíveis.

Comandos enviados ao rover hoje cedo resultarão em imagens do corer e do tubo a serem adquiridas amanhã, 3 de setembro, em horários do dia em Marte quando o Sol está inclinado em uma posição mais favorável. 

Amostras do solo de Marte

Como detalhado pela NASA, as fotos também serão tiradas após o pôr do sol para diminuir as fontes pontuais de luz que podem saturar uma imagem. As fotos serão devolvidas à Terra na manhã de 4 de setembro.

Se os resultados desta imagem adicional permanecerem inconclusivos, a equipe do Perseverance ainda tem várias opções para escolher no futuro. 

Incluindo o uso da sonda de volume do Sistema de Amostragem e Cache (localizada dentro do chassi do rover) como uma confirmação final de que a amostra está no tubo.

Ainda de acordo com as informações, o descaroçamento de 1º de setembro é a segunda vez que o Perseverance emprega seu Sistema de Amostragem e Cache desde o pouso na Cratera de Jezero em 18 de fevereiro de 2021. Confira:

amostras do solo de Marte
NASA/JPL-Caltech

Com informações da NASA

LEIA TAMBÉM: