logo
Estilo de Vida
Foto: Reprodução / Foto: Reprodução /
Estilo de Vida 01/09/2021

5 vezes que Meghan Markle quebrou o protocolo real (e continuou deslumbrante)

No geral, Meghan Markle seguiu os protocolos de moda da realeza. Mas, em outras ocasiões, o conforto e o bem-estar com a própria imagem falou mais alto. Ainda bem!

E as outras vezes que ela decidiu o que ia vestir. Vrá!

Existem regras que norteiam a vestimenta das mulheres da Família Real britânica. Uma delas é o uso de roupas pretas fora de um evento fúnebre. Embora não exista um documento específico público sobre isso, mas especialistas em realeza disseram à InStyle que usar preto em eventos formais é geralmente proibido. 

“Geralmente, pensa-se que o preto não é usado, a não ser no luto, embora Diana, Princesa de Gales, o usasse ocasionalmente para cerimônias noturnas, e a Duquesa de Cambridge é conhecida por fazê-lo”, disse Alexandra Messervy, do The English Manner.

Porém, em todas as ocasiões que ela “quebrou” o protocolo real, estava elegante e linda. Te mostramos!

Leia mais sobre a Família Real britânica:

Antes de se casar com o Príncipe Harry, em abril de 2018, Meghan compareceu com ele a uma recepção oferecida pelo então Secretário de Relações Exteriores Boris Johnson para os Defensores das Mulheres da Comunidade Britânica. Markle usava um vestido com um decote assimétrico, uma pequena clutch preta e salto alto. 

Em dezembro de 2018 ela quebrou duas regras: usou preto e estava com as unhas pintadas de esmalte escuro. Na ocasião ela apresentou o Fashion Awards.

Em fevereiro de 2918, ela preferiu deixar as mãos livres usando uma bolsa transpassada no ombro durante uma visita ao Castelo de Edimburgo. “É protocolo que você não estenda sua mão a qualquer membro da família real (sangue real ou aqueles que se casaram com membros da família) a menos que a mão deles estenda primeiro”, disse o especialista do MailOnline William Hanson. É por isso que Kate Middleton sempre opta por uma bolsa de mão. Por isso, muitas pessoas perceberam que a bolsa transversal de Meghan era uma quebra do protocolo real. Isso deixou suas mãos livres para aceitar apertos de mão e presentes de simpatizantes da Escócia.

Em julho de 2019, Meghan Markle usou um vestido Dior para o batizado do filho Archie. Geralmente, as mulheres da realeza costumam escolher designers britânicos, como Kate Middleton que escolheu um vestido McQueen em todos os três batizados de seus filhos.

Uma grande parte da estratégia de guarda-roupa de Markle é defender as designers mulheres, e desde que Maria Grazia Chiuri foi nomeada diretora de criação da Dior, Markle tem sido uma fã.

Em dezembro de 2018, no Tour real pela Austrália, Fiji, Tonga e Nova Zelândia, Meghan e Harry visitaram um grupo local da comunidade de surf OneWave em Bondi Beach. Existe uma regra na realeza de estar sempre calçado, especialmente em turnês por outros países. Porém, não é uma unanimidade, tanto que Kate Middleton e a própria Lady Di já quebraram essa regra.

Kate Middleton manteve seus sapatos em Manly Beach, em 2014, e a princesa Diana, fez o mesmo em NSW Beach, em Terrigal, em 1983.