Estilo de Vida

Fique atento! novo golpe perigoso que circula pelo app WhatsApp já fez mais de 300 mil vítimas só este ano

WhatsApp

Diante da taxa de desemprego elevada no Brasil, um novo golpe da falsa vaga de trabalho vem crescendo no país e já conta com mais de 346 mil detecções apenas em 2021. A fraude criminosa circula principalmente pelo app de mensagens WhatsApp e outras redes sociais. 

O golpe foca no roubo de dados como CPF, endereço, telefone e informações bancárias das vítimas, que buscam ofertas de trabalho, de acordo com levantamento da PSafe.

Como detalhado por Emilio Simoni, diretor do dfndr lab, o anúncio de vaga falsa leva o usuário para um site que não pertence a uma empresa real, geralmente contendo um questionário de perguntas aleatórias, criado apenas para distrair os interessados. 

Para reconhecer um site de falsa vaga de emprego, o diretor dá algumas dicas:  “As falsas vagas veiculadas normalmente são genéricas e destinadas a qualquer pessoa, muitas vezes estes anúncios contêm erros gramaticais  e mensagens confusas na descrição”. 

  1. CONFIRA MAIS:
  2. Nova função ‘oculta’ do aplicativo de mensagens que talvez você não conhecia
  3. Novo golpe utiliza pesquisa falsa do SUS para clonar conta do app de mensagens
  4. Será moleza escutar ‘mensagens de voz gigantes’ com este novo recurso do app
  5. Truques: dicas ‘especiais’ para usar o app de mensagens

“Outra característica suspeita é que os criminosos entrem em contato com os interessados por canais informais, como redes sociais ou WhatsApp”, explica o especialista. 

Fique atento! novo golpe perigoso que circula pelo app WhatsApp já fez mais de 300 mil vítimas só este ano

Ainda de acordo com as informações, para se proteger das ameaças, é recomendável manter um bom sistema de segurança instalado no celular.  

Além disso, também é aconselhável que o candidato sempre confira se o processo seletivo também é anunciado nos canais oficiais da empresa, como site e redes sociais verificadas. 

Texto com informações da PSafe

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos