logo
Estilo de Vida
Frio / Pixabay/DivulgaçãoFrio / Pixabay/Divulgação
Estilo de Vida 28/07/2021

5 dicas práticas para aquecer a casa nos dias frios

Segundo arquiteta, truques simples podem aumentar o conforto térmico sem a necessidade de grandes intervenções; confira

A onda de frio intenso já chegou a São Paulo. Nesta quarta-feira (dia 28), os termômetros registram temperaturas abaixo dos 10ºC. Calma, vai piorar! Na sexta, a mínima prevista é de 3ºC (isso mesmo, apenas 3ºC) na Capital.

O clima pode até ser europeu, mas a estrutura para suportá-lo, não. Enquanto países acostumados ao clima gelado contam com casas preparadas para o inverno, no Brasil essa não é a realidade.

Leia também:

Temperatura cai ainda mais em São Paulo nesta quinta-feira; confira previsão

Estação do Metrô de SP vai acolher pessoas em situação de rua durante frente fria

Governo de SP amplia horário de funcionamento e capacidade do comércio

Além disso, ainda que localizados em uma mesma cidade, um imóvel pode ser menos ou mais agradável em termos térmicos do que outro por conta de dois fatores primordiais: posição geográfica e revestimentos.

“Geralmente casas com face sul, que pegam menos sol, são as mais frias. Já em relação à construção em si, residências com piso cerâmico e porcelanato são mais geladas do que aquelas com piso de madeiras”, explica a arquiteta Juliana Jordão, do Studio Ornate.

Para evitar atitudes drásticas, como uma mudança ou uma reforma, o jeito é usar os recursos disponíveis para passar pelos poucos – mais sofridos – dias de baixas temperaturas.

Confira as dicas da especialista para tornar os ambientes mais quentinhos e agradáveis:

1. Invista em aquecedores elétricos

Esses equipamentos esquentam o ambiente de forma bem mais rápida do que os aquecedores a óleo. Na hora da aquisição, porém, leve em conta os gastos a longo prazo e a parte elétrica da casa, pois eles consomem muita energia e geralmente precisam de tomadas de 20 amperes.

2. Lareiras são opção sustentável

As lareiras portáteis são uma ótima solução para aquecer e, de quebra, decorar o ambiente. Geralmente são ecológicas e não produzem fumaça, pois são abastecidas por biofluido.

3. Tapete, para que te quero?

Pixabay/Divulgação

Segundo Juliana, é interessante utilizar tapetes nas passagens da casa para evitar o contato dos pés com o piso frio. Posições estratégicas são ao lado da cama, nos corredores e na sala. “Em relação aos materiais, os mais naturais são os indicados.”

4. Abuse das almofadas

Elas são ótimas aliadas para deixar poltronas, camas e sofás mais quentinhos. Os melhores tecidos também são os naturais, como a lã. O uso associado de mantas confere um resultado ainda melhor.

5. Deixe o sol entrar

Pixabay/Divulgação

É fundamental tentar absorver e manter a temperatura da casa quando ela conta com a incidência solar no inverno. “Paralelamente, é importante manter a circulação de ar. O melhor horário para isso é o início da tarde, quando as temperaturas estão mais altas”, finaliza a arquiteta.